• Genara Rigotti

Pesquisa revela panorama da IoT e aponta motivos para empresas adotarem tecnologias


A Internet das Coisas (IoT) está transformando a maneira como as pessoas vivem e trabalham. Além dos dispositivos inteligentes usados por todos os tipos de pessoas, a IoT está revolucionando a maneira como as empresas fazem negócios - permitindo que elas se tornem mais rápidas, inteligentes, seguras e eficientes.


Foi pensando nessa relevância que a Microsoft publicou o relatório IoT Signals. O estudo realizado em 2019 tem como objetivo fornecer à indústria uma visão holística do ecossistema de IoT com informações sobre as taxas de adoção, benefícios e desafios. Quer conhecer mais sobre ele? Então continue a leitura!


Sobre a pesquisa


O IoT Signals foi encomendado pela Microsoft para o Hypothesis Group, uma agência de insights, design e estratégia. Uma pesquisa on-line de 20 minutos foi realizada com mais de 3 mil tomadores de decisão envolvidos com IoT em empresas em 6 países: Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, China e Japão.


A pesquisa incluiu tomadores de decisões de negócios, tomadores de decisões de Tecnologia da Informação (TI) e desenvolvedores de diversos setores, como manufatura, varejo / atacado, governo, transporte e assistência médica, entre outros.


Panorama da IoT


Na arena comercial, a Internet das Coisas continua a crescer em popularidade. Os tomadores de decisão de negócios, os de TI e desenvolvedores estão incorporando a Internet das Coisas a seus negócios a taxas elevadas - e a esmagadora maioria está satisfeita com os resultados dos negócios.


Como resultado, as empresas estão cada vez mais ansiosas para adotar a IoT.

O entusiasmo pela adoção é global e está presente em diversos tipos de indústrias. Entre os tomadores de decisão de IoT nas empresas pesquisadas, 85% dizem que têm pelo menos um projeto de IoT na fase de aprendizado, prova de conceito, compra ou uso, com muitos relatando que têm um ou mais projetos atualmente em uso.


As taxas de adoção são semelhantes nos países pesquisados ​​(EUA, Reino Unido, Alemanha, França, China e Japão) e nos principais setores (manufatura, varejo, atacado, transporte, governo e assistência médica).


O crescimento da IoT não mostra sinais de desaceleração: a adoção está projetada para aumentar em 9% nos próximos dois anos, o que significa que 94% das empresas estarão usando a IoT até o final de 2021.


As empresas que incorporam a IoT em seus negócios estão satisfeitas com os resultados: 88% diz que a IoT é fundamental para o sucesso de sua empresa. Quase todos os tomadores de decisão estão satisfeitos com a IoT, provavelmente porque acreditam que ela possui um forte retorno sobre o investimento (ROI). A pesquisa ouviu que, dos que já adotaram a IoT, eles acreditam alcançar um ROI de 30% em dois anos.


À medida que os influenciadores e tomadores de decisão olham para o futuro, esperam adotar a IoT ainda mais, além de encontrar novas maneiras de usar a tecnologia. Nos próximos dois anos, a Inteligência Artificial (IA), Edge Computing e o 5G serão fatores tecnológicos críticos para o sucesso da IoT.


Por que adotar a IoT?


Em média, as empresas citam algumas razões principais que as levaram a adotar a IoT. Eficiência e produtividade são os principais motivadores, sendo que os dois principais motivos pelos quais as empresas implementam a IoT são a otimização das operações (56%) e a melhoria da produtividade dos funcionários (47%).


Os próximos casos de uso mais comuns são segurança e proteção, que 44% das organizações consideram os principais motivos para utilizar a IoT. Entre 30% e 40% das empresas também adotam a tecnologia para gerenciar a cadeia de suprimentos, garantindo qualidade, rastreamento de ativos e possibilidades de vendas. No geral, os tomadores de decisão e os desenvolvedores veem a IoT como uma maneira de otimizar processos e trabalhar com mais eficiência.


Embora a IoT tenha aplicações benéficas em todos os setores, cada um deles

prioriza diferentes casos de uso, de acordo com suas necessidades específicas. Na manufatura, as principais utilizações da IoT são: automação (48%), qualidade e conformidade (45%), planejamento de produção (43%), logística da cadeia de suprimentos (43%) e segurança e proteção das instalações (33%).


Para empresas de varejo e atacado, a IoT é altamente relevante para a cadeia de suprimentos (64%) e otimização de estoque (59%), enquanto para transporte e

organizações governamentais, a gestão de equipamentos e segurança são particularmente importantes (55%).


Dentro do setor de assistência médica, a IoT ajuda as empresas a rastrear pacientes, funcionários e inventário (66%), além de auxiliar no monitoramento e manutenção remota de dispositivos (57%).



Os benefícios da IoT


Depois que as organizações adotam a IoT, os principais benefícios são maior eficiência (91%), rendimento (91%) e qualidade (85%). As empresas estão rapidamente começando a ver como a IoT pode proporcionar um retorno sobre o investimento aumentando a produtividade e a capacidade de produção, reduzindo as despesas comerciais e diminuindo as chances de erro humano.


A IoT também pode melhorar a satisfação do cliente e aumentar as oportunidades para as empresas tomarem decisões melhores e mais informadas.


Os desafios da adoção


Apesar de seu sucesso, a IoT não está isenta de desafios. Tanto para empresas que buscam implementar projetos de IoT quanto para as que desejam usar mais a IoT, os obstáculos são geralmente os mesmos.


As empresas que desejam utilizar mais a IoT acreditam que a complexidade e os desafios técnicos são suas maiores barreiras: 38% das empresas afirmam que esses são os motivos pelos quais não usam mais a IoT. Falta de recursos orçamentários e de pessoal (29%), falta de conhecimento (29%) e dificuldade em encontrar a solução certa (28%) são os próximos obstáculos mais comuns. A segurança também é um desafio (19%).


As descobertas mostram que as empresas que adotam IoT acreditam que cerca de um terço dos projetos falham logo na prova de conceito (POC), geralmente porque a implementação é cara ou os benefícios da linha de fundo não são claros.


Entre os que tiveram projetos de IoT paralisados ​​na fase de teste, o principal motivo é o alto custo do dimensionamento: 32% das empresas citaram esse motivo como o principal problema com a realização de seus projetos.


Em outros casos, é difícil justificar o avanço de um projeto quando os benefícios de negócios não estão bem definidos: 28% das organizações relataram que seus projetos falharam porque os pilotos demonstraram um valor comercial ou ROI pouco claro.


A adoção da IoT permite que as empresas se tornem mais eficientes, produtivas e seguras. No entanto, também existem desafios de complexidade, segurança e talento a serem superados. A IoT está se tornando indispensável para organizações comerciais e você conhece primeiro o que há de novo ao se associar à ABII!


#internetdascoisas

#internetindustrial

#IoT

#industria40

#tecnologia

#ABII

#negócios

#industria

#economia

#business

131 visualizações

CONTATO

  • LinkedIn ícone social
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

© 2020 por Associação Brasileira de Internet Industrial